Ponte pedonal sobre o rio Sizandro em Torres Vedras

  • Localização: Torres Vedras, Portugal
  • Solução: Obras de Arte
  • Tipo: Passagens pedonais e elevadores públicos
  • Promotor: Câmara Municipal de Torres Vedras
  • Cliente: PROGITAPE
  • Âmbito: Projeto de Estruturas, Estudos Geotécnico e de Drenagem
  • Área: 1 400 m2 de tabuleiro
  • Projecto: 2008/2009
  • Construção: 2013/2014
  • Fotografia: OLIVEIRAS S.A.
  • Construtor: OLIVEIRAS S.A.
  • Dimensão: 218 m de extensão, 30m vão máximo
  • Ver no Google Maps

Ponte pedonal sobre o rio Sizandro em Torres Vedras

  • Localização: Torres Vedras, Portugal
  • Solução: Obras de Arte
  • Tipo: Passagens pedonais e elevadores públicos
  • Promotor: Câmara Municipal de Torres Vedras
  • Cliente: PROGITAPE
  • Âmbito: Projeto de Estruturas, Estudos Geotécnico e de Drenagem
  • Área: 1 400 m2 de tabuleiro
  • Projecto: 2008/2009
  • Construção: 2013/2014
  • Fotografia: OLIVEIRAS S.A.
  • Construtor: OLIVEIRAS S.A.
  • Dimensão: 218 m de extensão, 30m vão máximo
  • Ver no Google Maps

No âmbito da implementação do programa Polis de Torres Vedras, esta ponte pedonal integra-se no projecto de requalificação do parque do Choupal. A travessia permite a criação de uma acesso pedonal e ciclável ao Páteo Alfazema atravessando o rio Sizandro e a Estrada Nacional 9.

Na génese do processos de concepção desta obra foram tidos em consideração não só os aspectos funcionais, no que respeita à segurança, qualidade estrutural, custo e prazo, mas também de estética e de integração ambiental. Dado este contexto, e considerando a baixa altura ao solo e os condicionamentos da ocupação do espaço em meio urbano e, ainda, o atravessamento do Rio Sizandro, na solução adoptada estão embutidos os conceitos de esbelteza da superstrutura e de transparência da meso estrutura.

A obra estende-se por 218m divididos em 8 vãos e segue um traçado circular como um meandro do rio.
O tabuleiro é composto por uma nervura em betão armado pré-esforçado com 1.0m de espessura máxima e duas consolas de espessura variável.
Os pilares têm secção ortogonal alongada e estão fundados em estacas que atingem o substrato Jurássico a cerca de 25m de profundidade.

Na margem direita do Rio, a cerca de metade de toda a extensão da ponte pedonal ergue-se um edifício com um acesso directo ao tabuleiro.

Em face da sua extensão a obra foi dimensionada e executada tramo-a-tramo.

Outros projectos

Concessão Túnel do Marão

Concessão Túnel do Marão

Ver mais
Passagem Pedonal na sede da Companhia de Seguros Bonança

Passagem Pedonal na sede da Companhia de Seguros Bonança

Ver mais
Substituição da Ponte ao pk50+200 da Linha de Ressano Garcia

Substituição da Ponte ao pk50+200 da Linha de Ressano Garcia

Ver mais
Desnivelamento do Cruzamento na Area 18, Lilongwe

Desnivelamento do Cruzamento na Area 18, Lilongwe

Ver mais
Funicular de São João

Funicular de São João

Ver mais
Nova ponte ferroviária sobre o rio Umbeluzi

Nova ponte ferroviária sobre o rio Umbeluzi

Ver mais
Topo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar a aceder a este website está a concordar com a utilização das mesmas. Para mais informações veja a nossa política de cookies.

Portugal 2020 / Compete 2020 / União Europeia - Fundo Europeu do Desenvolvimento Regional