Ombria Resort – Hotel Viceroy

  • Localização: Loulé, Portugal
  • Solução: Edifícios, Geotecnia
  • Tipo: Ensaios, prospecção e estudos, Projectos geotécnicos, Hotelaria e turismo
  • Promotor: Pontos Group
  • Arquitectura: Promontório Arquitectos
  • Âmbito: Fundações e estruturas, escavação e contenção periférica, redes de drenagem e abastecimento de águas, estudo geológico e geotécnico
  • Área: 19800m2
  • Projecto: 2015-2018
  • Construção: em curso
  • Fotografia: Ombria Resort
  • Construtor: Gabriel Couto (lote E) / Simão & Martins (lote F)
  • Ver no Google Maps

Ombria Resort – Hotel Viceroy

  • Localização: Loulé, Portugal
  • Solução: Edifícios, Geotecnia
  • Tipo: Ensaios, prospecção e estudos, Projectos geotécnicos, Hotelaria e turismo
  • Promotor: Pontos Group
  • Arquitectura: Promontório Arquitectos
  • Âmbito: Fundações e estruturas, escavação e contenção periférica, redes de drenagem e abastecimento de águas, estudo geológico e geotécnico
  • Área: 19800m2
  • Projecto: 2015-2018
  • Construção: em curso
  • Fotografia: Ombria Resort
  • Construtor: Gabriel Couto (lote E) / Simão & Martins (lote F)
  • Ver no Google Maps

O Ombria Resort é uma propriedade localizada entre as aldeias de Tor e Querença, com 153 hectares.

Além de campo de golfe, inclui um hotel de 5 estrelas, SPA e centro de conferências, villas e outras unidades residenciais. Rodeado por extensos pomares de citrinos, figueiras e alfarrobeiras, pequenas quintas e aldeias, a paisagem dramática e a rica biodiversidade desta propriedade inclui um curso de água e uma série de vestígios arqueológicos relacionados com hidráulica e agricultura.

Dada a diversidade de funções pretendidas e a flexibilidade desejável no arranjo dos espaços interiores, os edifícios apresentam, sempre que possível, soluções estruturais pouco intrusivas na arquitectura e nas restantes especialidades. Desse modo, optou-se primordialmente por lajes fungiformes, vigadas apenas na periferia dos blocos estruturais (ou em quebras de pavimento geradas na transição interior / exterior dos pavimentos).

As diversas villas apresentam geometrias distintas mas inter-relacionadas, partilhando um conjunto de características padrão que permitem uniformizar as soluções construtivas e, consequentemente, agilizar os trabalhos de construção. Sendo edificadas em colinas, apresentam pelo menos um piso parcialmente enterrado, envolto em muros de betão armado.

O embasamento dos vários edifícios é revestido a betão pigmentado simulando taipa, o que permite reduzir a altura percepcionada dos edifícios.

O trabalho incluiu, ainda, uma extensa campanha de sondagens geotécnicas, bem como o projecto de contenção tipo Berlinense na periferia do Castelo e taludes pregados na generalidade das escavações.

Outros projectos

Horta da Porta

Horta da Porta

Ver mais
Largo Intendente 57

Largo Intendente 57

Ver mais
Empreendimento Jardins São Bartolomeu

Empreendimento Jardins São Bartolomeu

Ver mais
Edifício Sede do Grupo Editorial LEYA

Edifício Sede do Grupo Editorial LEYA

Ver mais
Sede da VdA – Vieira de Almeida

Sede da VdA – Vieira de Almeida

Ver mais
Escola Secundária D. Dinis

Escola Secundária D. Dinis

Ver mais
Topo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar a aceder a este website está a concordar com a utilização das mesmas. Para mais informações veja a nossa política de cookies.

Portugal 2020 / Compete 2020 / União Europeia - Fundo Europeu do Desenvolvimento Regional