Edifício Platinum

  • Localização: Maputo, Moçambique
  • Solução: Edifícios, Geotecnia
  • Tipo: Projectos geotécnicos, Habitação, Escritórios
  • Promotor: Promovalor
  • Arquitectura: Frederico Valsassina Arquitectos
  • Âmbito: Fundações e estruturas, escavação e contenção periférica, redes de drenagem e abastecimento de águas
  • Área: 41000m2
  • Projecto: 2012-2014
  • Construção: 2014-2016
  • Construtor: Mota-Engil
  • Ver no Google Maps

Edifício Platinum

  • Localização: Maputo, Moçambique
  • Solução: Edifícios, Geotecnia
  • Tipo: Projectos geotécnicos, Habitação, Escritórios
  • Promotor: Promovalor
  • Arquitectura: Frederico Valsassina Arquitectos
  • Âmbito: Fundações e estruturas, escavação e contenção periférica, redes de drenagem e abastecimento de águas
  • Área: 41000m2
  • Projecto: 2012-2014
  • Construção: 2014-2016
  • Construtor: Mota-Engil
  • Ver no Google Maps

O edifício Platinum é um dos maiores edifícios de Moçambique, sendo destinado a utilização mista de escritórios, habitação e comércio. Apresenta um total de 33 pisos (dos quais 3 em cave) e mede cerca de 98 metros acima do solo.

A estrutura é executada em betão armado, com alguns pilares mistos, e lajes fungiformes aligeiradas com moldes Cobiax, de vãos tipicamente entre 7 e 9m.

Acima do estacionamento e comércio, a partir do piso 5, a planta é dividida em áreas distintas de escritórios e de habitação, que apresentam pés-direitos distintos, sendo a sua compatibilização efectuada por intermédio de vigas de transição que também conferem algum efeito de pórtico e aumento da rigidez do edifício, ainda que a rigidez horizontal seja essencialmente conferida pelos núcleos de escadas e elevadores.

A cobertura é parcialmente acessível para áreas de lazer, onde se inclui uma piscina.

O terreno é constituído, até profundidades na ordem dos 20-25 metros, por areias de grão fino. A solução de fundação consistiu na adopção de fundações indirectas por intermédio de estacas de betão armado, encastradas em solo competente. As paredes de contenção periférica são cortinas de estacas.

Outros projectos

JFS Corporate Tower

JFS Corporate Tower

Ver mais
Santa Catarina Condomínio Privado

Santa Catarina Condomínio Privado

Ver mais
Aldeia Solar

Aldeia Solar

Ver mais
Sky ESCOM

Sky ESCOM

Ver mais
Largo Intendente 57

Largo Intendente 57

Ver mais
Xiluva Jardim

Xiluva Jardim

Ver mais
Topo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar a aceder a este website está a concordar com a utilização das mesmas. Para mais informações veja a nossa política de cookies.

Portugal 2020 / Compete 2020 / União Europeia - Fundo Europeu do Desenvolvimento Regional