Nova ponte ferroviária sobre o rio Shire

  • Localização: Distrito de Balaka, Malawi
  • Solução: Obras de Arte, Infraestruturas e Transportes
  • Tipo: Pontes ferroviárias, Gestão e Fiscalização, Vias rodoviárias e ferroviárias, Gestão e fiscalização
  • Promotor: Central East African Railways - CEAR
  • Cliente: Central East African Railways - CEAR
  • Âmbito: Projecto de Estruturas, Traçado Ferroviário, Inspecção de estrutura existente, Estudos Geotécnicos, de Drenagem, de Proteção de cheias e Hidrológicos, fiscalização dos trabalhos para construção da ponte e da via-férrea
  • Área: 1 031m2 de tabuleiro
  • Projecto: 2017/2018
  • Construção: 2018/2021
  • Fotografia: Mota-Engil Africa
  • Construtor: Mota-Engil Africa
  • Dimensão: 165m de extensão, 65m vão central máximo
  • Ver no Google Maps

Nova ponte ferroviária sobre o rio Shire

  • Localização: Distrito de Balaka, Malawi
  • Solução: Obras de Arte, Infraestruturas e Transportes
  • Tipo: Pontes ferroviárias, Gestão e Fiscalização, Vias rodoviárias e ferroviárias, Gestão e fiscalização
  • Promotor: Central East African Railways - CEAR
  • Cliente: Central East African Railways - CEAR
  • Âmbito: Projecto de Estruturas, Traçado Ferroviário, Inspecção de estrutura existente, Estudos Geotécnicos, de Drenagem, de Proteção de cheias e Hidrológicos, fiscalização dos trabalhos para construção da ponte e da via-férrea
  • Área: 1 031m2 de tabuleiro
  • Projecto: 2017/2018
  • Construção: 2018/2021
  • Fotografia: Mota-Engil Africa
  • Construtor: Mota-Engil Africa
  • Dimensão: 165m de extensão, 65m vão central máximo
  • Ver no Google Maps

A Nova Ponte ferroviária sobre o Rio Shire está integrada na Linha Limbe/ Mchinji, que estabelece a ligação férrea de Limbe à fronteira com a Zâmbia,

A intervenção teve como objectivo a reposição das condições de segurança da travessia ferroviária sobre o Rio. A antiga ponte treliçada apresentava diversas situações críticas em resultado da falta de manutenção e embates sucessivos em elementos metálicos, ao longo dos anos, que comprometiam a segurança ao nível estrutural, para além de apresentar uma capacidade de carga insuficiente para a modernização pretendida para a linha ferroviária. A reparação e o reforço estrutural seriam muito onerosos.

A nova ponte foi projectada com 165m de extensão repartidos por 3 vãos de 50m+65m+60m. O tabuleiro tem secção estrutural composta aço-betão com 2 vigas metálicas de alma cheia e laje de betão armado colaborante.

Esta obra, de via simples, é balastrada e foi dimensionada para suportar composições com 21 ton/eixo.

O tabuleiro foi construído pelo método de lançamento incremental. A laje foi construída com painéis pré-fabricados.

Com a construção desta obra foram construídos cerca de 1000m de via ferroviária para ligação à linha existente. Este projecto incluiu ainda a reformulação do cais da estação Shire North onde a linha ferroviária se torna dupla.

Outros projectos

Escadinhas de Santo André

Escadinhas de Santo André

Ver mais
Concessão Túnel do Marão

Concessão Túnel do Marão

Ver mais
PONTE B35 sobre o Rio Rivi Rivi, Malawi

PONTE B35 sobre o Rio Rivi Rivi, Malawi

Ver mais
Passagem Pedonal na sede da Companhia de Seguros Bonança

Passagem Pedonal na sede da Companhia de Seguros Bonança

Ver mais
Reabilitação e Reconversão da Ponte da Portela sobre o Rio Mondego

Reabilitação e Reconversão da Ponte da Portela sobre o Rio Mondego

Ver mais
Ponte do Soyo sobre o canal Cadal

Ponte do Soyo sobre o canal Cadal

Ver mais
Topo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar a aceder a este website está a concordar com a utilização das mesmas. Para mais informações veja a nossa política de cookies.

Portugal 2020 / Compete 2020 / União Europeia - Fundo Europeu do Desenvolvimento Regional