Desnivelamento do Cruzamento na Area 18, Lilongwe

  • Localização: Area 18, Lilongwe, Malawi
  • Solução: Obras de Arte, Infraestruturas e Transportes
  • Tipo: Pontes rodoviárias, Vias rodoviárias e ferroviárias
  • Promotor: Autoridade Rodoviária do Malawi
  • Cliente: Mota Engil - Africa
  • Âmbito: Projecto de Estruturas, Traçado Rodoviário, Estudos Geotécnico, de Tráfego e Hidrológico, Projetos de Terraplenagem, Pavimentação, Drenagem, Sinalização e Segurança
  • Projecto: 2019
  • Construção: 2020
  • Fotografia: Mota Engil - Africa
  • Construtor: Mota Engil - Africa
  • Ver no Google Maps

Desnivelamento do Cruzamento na Area 18, Lilongwe

  • Localização: Area 18, Lilongwe, Malawi
  • Solução: Obras de Arte, Infraestruturas e Transportes
  • Tipo: Pontes rodoviárias, Vias rodoviárias e ferroviárias
  • Promotor: Autoridade Rodoviária do Malawi
  • Cliente: Mota Engil - Africa
  • Âmbito: Projecto de Estruturas, Traçado Rodoviário, Estudos Geotécnico, de Tráfego e Hidrológico, Projetos de Terraplenagem, Pavimentação, Drenagem, Sinalização e Segurança
  • Projecto: 2019
  • Construção: 2020
  • Fotografia: Mota Engil - Africa
  • Construtor: Mota Engil - Africa
  • Ver no Google Maps

O cruzamento (em rotunda) entre a estrada M1 e a Av. Presidential Way, na AREA 18 de Lilongwe, revelava-se como um dos mais sobrecarregados da capital do Malawi, possuindo um baixo nível de serviço e mostrando-se incapaz de acompanhar o desenvolvimento da cidade.

Este nó viário futuramente servirá, ainda, como ponto de distribuição do tráfego regional de e para Norte, em especial de pesados, e servirá de ligação a uma via circular que permitirá contornar o centro da cidade.

Neste contexto, o Governo decidiu avançar com a construção de uma solução desnivelada de cruzamento, de grande capacidade, com preferência declarada para uma solução em “Trevo”.

A orografia do local, a inclinação do terreno e o facto de se localizar em área urbana com ocupação lateral, condicionou de forma crítica o dimensionamento da solução. Foi por isso necessário realizar micro-simulações em software apropriado, permitindo comparar diversas alternativas e ajustar os parâmetros geométricos das soluções de desnivelamento, selecionando aquela que se revelava preferível atendendo às condicionantes do local.

A solução em “Trevo” é composta por rampas e loops que permitem o movimento em todas as direcções sem movimentações conflituantes entre os veículos.

Para materializar o desnivelamento entre as vias principais, foi projectado um viaduto de 2 vãos de 20.60m, perfazendo uma extensão total 41.20m. O tabuleiro é constituído por vigas pré-fabricadas justapostas.

Outros projectos

Ponte pedonal sobre o rio Sizandro em Torres Vedras

Ponte pedonal sobre o rio Sizandro em Torres Vedras

Ver mais
Funicular de São João

Funicular de São João

Ver mais
Ponte B45 sobre o Rio Shire

Ponte B45 sobre o Rio Shire

Ver mais
Ponte Kassuende em Tete sobre o rio Zambeze

Ponte Kassuende em Tete sobre o rio Zambeze

Ver mais
Substituição da Ponte sobre o rio Matola ao pk26+900 da Linha de Ressano Garcia

Substituição da Ponte sobre o rio Matola ao pk26+900 da Linha de Ressano Garcia

Ver mais
Ponte Metálica da Chamusca sobre o Rio Tejo

Ponte Metálica da Chamusca sobre o Rio Tejo

Ver mais
Topo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar a aceder a este website está a concordar com a utilização das mesmas. Para mais informações veja a nossa política de cookies.

Portugal 2020 / Compete 2020 / União Europeia - Fundo Europeu do Desenvolvimento Regional