Recuperação do Convento das Inglesinhas – ISEG

  • Localização: Lisboa, Portugal
  • Solução: Edifícios
  • Tipo: Reabilitação
  • Arquitectura: Gonçalo Byrne Arquitectos
  • Cliente: UTL - ISEG
  • Âmbito: Fundações e estruturas
  • Área: 5.110 m2
  • Projecto: 2001
  • Construção: 2003/2005
  • Fotografia: Daniel Malhão
  • Construtor: Edifer, Teixeira Duarte
  • Ver no Google Maps

Recuperação do Convento das Inglesinhas – ISEG

  • Localização: Lisboa, Portugal
  • Solução: Edifícios
  • Tipo: Reabilitação
  • Arquitectura: Gonçalo Byrne Arquitectos
  • Cliente: UTL - ISEG
  • Âmbito: Fundações e estruturas
  • Área: 5.110 m2
  • Projecto: 2001
  • Construção: 2003/2005
  • Fotografia: Daniel Malhão
  • Construtor: Edifer, Teixeira Duarte
  • Ver no Google Maps

O Convento das Inglesinhas, fundado no início de seiscentos, sofreu, ao longo dos séculos, sucessivas transformações, até ser ocupado pelo ISEG. A reabilitação do convento incluiu a conversão do piso semi-enterrado em zona técnica, cozinha e cais de descarga. Nos restantes pisos, manteve-se a estrutura original do convento, adaptando-se os diversos espaços em salas de aulas, gabinetes, salas de convívio, centro de estudos e espaços para serviços administrativos.

A zona de intervenção foi subdividida em cinco corpos estruturais designados pelas letras A a E. Os corpos A, B, C e E são edifícios novos a implantar em zonas de construções a demolir, englobando o corpo D a zona a preservar. As estruturas novas são, em geral, de betão armado.

O Corpo A é um edifício de 2 pisos, que alberga dois pequenos auditórios ao nível do piso elevado sobre um “foyer” de distribuição no piso térreo. No corpo B localiza-se o refeitório e o “foyer” junto ao corpo C. O primeiro tem 2 pisos elevados e uma cave. O átrio de ligação do núcleo de escadas do corpo C ao resto do edifício, é em estrutura metálica incorporada nas fachadas de modo evitar pilares à vista no átrio. A intervenção no corpo C consistiu na execução de núcleo de acessos verticais do piso 1 ao piso 5, constituídos por uma caixa de escada e um elevador apoiados em paredes de betão armado adoçadas às paredes de alvenaria de pedra existentes. O corpo D engloba a zona do antigo convento em que a intervenção é de recuperação do existente. A área a recuperar incluiu o claustro, o edifício da sala de actos e um corpo de salas de aula, e um núcleo de escadas e elevador.

Na zona do claustro substituiu-se a área enclausurada com paredes de alvenaria de tijolo por uma estrutura metálica ligeira, recebendo vãos envidraçados e uma laje de pavimento em estrutura mista aço-betão. O Corpo E situa-se sobre a antiga capela, e onde existia um auditório, substituiu-se o desvão da estrutura da sua cobertura de duas águas por um piso e respectiva cobertura, executado em estrutura metálica, sobre as paredes de alvenaria existentes.

Outros projectos

Hotel Fontana Park

Hotel Fontana Park

Ver mais
Hotel Pestana Carlton Palace

Hotel Pestana Carlton Palace

Ver mais
Urbanização Parque Rio

Urbanização Parque Rio

Ver mais
Play Contract – Billund, Dinamarca

Play Contract – Billund, Dinamarca

Ver mais
Centro Logístico do Entreposto na Matola

Centro Logístico do Entreposto na Matola

Ver mais
Novo Laboratório Central da EPAL

Novo Laboratório Central da EPAL

Ver mais
Topo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar a aceder a este website está a concordar com a utilização das mesmas. Para mais informações veja a nossa política de cookies.

Portugal 2020 / Compete 2020 / União Europeia - Fundo Europeu do Desenvolvimento Regional