Escadinhas de Santo André

  • Localização: Covilhã, Portugal
  • Solução: Obras de Arte, Infraestruturas e Transportes
  • Tipo: Passagens pedonais e elevadores públicos, Urbanismo, ambiente e espaços públicos
  • Arquitectura: Arpas
  • Cliente: Câmara Municipal da Covilhã
  • Âmbito: Fundações e estruturas, redes de drenagem e abastecimento de águas
  • Projecto: 2007
  • Construção: 2008
  • Fotografia: Arpas
  • Ver no Google Maps

Escadinhas de Santo André

  • Localização: Covilhã, Portugal
  • Solução: Obras de Arte, Infraestruturas e Transportes
  • Tipo: Passagens pedonais e elevadores públicos, Urbanismo, ambiente e espaços públicos
  • Arquitectura: Arpas
  • Cliente: Câmara Municipal da Covilhã
  • Âmbito: Fundações e estruturas, redes de drenagem e abastecimento de águas
  • Projecto: 2007
  • Construção: 2008
  • Fotografia: Arpas
  • Ver no Google Maps

A intervenção paisagista nas Escadinhas de Santo André consistiu na criação de uma infraestrutura que facilitasse a ligação pedonal entre a Rua Marquês d'Ávila e Bolama e a Rua António Augusto de Aguiar, através da instalação de um elevador inclinado. Ao longo do percurso do elevador foi construída uma longa escadaria revestida a degraus em pedra, que vence a totalidade do desnível.

A galeria técnica do Elevador é constituída por uma estrutura em betão armado, enterrada, com uma secção em “U”, assegurada por duas paredes verticais, revestidas a pedra, que nascem sobre a laje de fundo, suportando as terras laterais e as escadas moldadas sobre o terreno.

A estrutura da paragem do Elevador e as guardas são constituídas por chapas de vidro apoiadas em estruturas metálicas com montantes metálicos, ligados superior e inferiormente e travados na diagonal por perfis Facar 30x3.

O Passadiço para peões, localizado junto ao acesso à escola, é uma obra de estrutura metálica com um tabuleiro com 1.20m de largura e um vão único de 14.00m, definido entre os apoios nos muros de suporte. A estrutura do tabuleiro é constituída por duas vigas longitudinais curvilíneas, com secção em tubo rectangular com 8mm de espessura, travadas pelo pavimento e pelos degraus. Os Muros de Suporte, em betão armado, destinam-se a assegurar os desníveis entre as diversas plataformas, rampas e escadas, que se localizam no espaço da intervenção.

Outros projectos

Ponte do Soyo sobre o canal Cadal

Ponte do Soyo sobre o canal Cadal

Ver mais
Pontes sobre o Rio Save

Pontes sobre o Rio Save

Ver mais
PONTE B35 sobre o Rio Rivi Rivi, Malawi

PONTE B35 sobre o Rio Rivi Rivi, Malawi

Ver mais
Nova Ponte Ferroviária sobre o rio Secongene ao pk61+900 da Linha de Ressano Garcia

Nova Ponte Ferroviária sobre o rio Secongene ao pk61+900 da Linha de Ressano Garcia

Ver mais
Ponte pedonal na Guarda

Ponte pedonal na Guarda

Ver mais
Desnivelamento do Cruzamento na Area 18, Lilongwe

Desnivelamento do Cruzamento na Area 18, Lilongwe

Ver mais
Topo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar a aceder a este website está a concordar com a utilização das mesmas. Para mais informações veja a nossa política de cookies.

Portugal 2020 / Compete 2020 / União Europeia - Fundo Europeu do Desenvolvimento Regional