Ampliação do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG)

  • Localização: Lisboa, Portugal
  • Solução: Edifícios
  • Tipo: Educação
  • Arquitectura: Gonçalo Byrne Arquitectos
  • Cliente: UTL-ISEG
  • Âmbito: Fundações e estruturas
  • Área: 11700m2
  • Projecto: 1992/1999
  • Construção: 1994/2001
  • Fotografia: FG+SG fotografia de arquitectura, Rodrigo Cabral
  • Construtor: Edifer, Teixeira Duarte
  • Ver no Google Maps

Ampliação do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG)

  • Localização: Lisboa, Portugal
  • Solução: Edifícios
  • Tipo: Educação
  • Arquitectura: Gonçalo Byrne Arquitectos
  • Cliente: UTL-ISEG
  • Âmbito: Fundações e estruturas
  • Área: 11700m2
  • Projecto: 1992/1999
  • Construção: 1994/2001
  • Fotografia: FG+SG fotografia de arquitectura, Rodrigo Cabral
  • Construtor: Edifer, Teixeira Duarte
  • Ver no Google Maps

O projecto de expansão do ISEG envolveu a reabilitação do Convento das Inglesinhas e a criação de um conjunto edificado novo, construído na continuidade do edifício do convento, nos terrenos baldios contíguos. A expansão é constituída por dois edifícios paralelos que criam um pátio central, no seguimento do eixo central do Jardim das Francesinhas, e pelo edifício da Biblioteca. Os edifícios novos foram divididos em doze corpos estruturais designados pelas letras A a M, com estruturas em betão armado.

Com o decorrer da obra de escavação e contenção periférica para a implantação dos corpos novos, verificou-se que a encosta sobrejacente ao lote apresentava indícios de instabilidade, o que inviabilizou os movimentos de terras e conduziu à suspensão do programa proposto inicialmente. Após realizadas as obras de estabilização do muro existente na Rua Miguel Lupi, que ocuparam parte da área inicialmente destinada aos edifícios a construir, os projectos iniciais foram alterados e as obras retomadas.

O edifício da biblioteca (D) apresenta 6 pisos e cobertura e tem uma planta em forma de V. Um dos “lados” do V ficou confinado pela parede moldada, enquanto o outro está encostado pela base ao muro da Rua Miguel Lupi, e lateralmente confinado por um gigante de suporte deste. Acima da cota 40.0 (piso 3), deixa de existir o “lado” mais comprido do V. As únicas estruturas existentes abaixo da cota do piso 0 são uma galeria técnica paralela à parede moldada e uma escada de ligação ao corpo E e aos corpos A, B e C.

O corpo E, localiza-se na continuidade da biblioteca e alberga dois auditórios enterrados, separados entre si por uma escada de ligação entre os pisos -1 e 0. A cobertura deste corpo encontra-se à cota do pátio. Os corpos G, H, e I, apresentam dois pisos, sendo um deles enterrado (piso -2) e o outro térreo (piso -1), com cobertura em terraço que cria o pátio central. Os corpos A, B e C, e J, K e L, são análogos, paralelos e confinantes com o pátio central, e apresentam um piso enterrado (piso -2), um piso térreo (piso -1), 3 pisos elevados (pisos 0, 1 e 2) e cobertura. O corpo M apresenta uma planta de forma irregular e tem um único piso semi-enterrado (piso -1) e cobertura em terraço, à cota do pátio.

Outros projectos

Rua Alexandre Herculano 25

Rua Alexandre Herculano 25

Ver mais
Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa – Edifício C6

Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa – Edifício C6

Ver mais
Centro empresarial Living

Centro empresarial Living

Ver mais
APCL – Centro Dr. José de Azeredo Perdigão

APCL – Centro Dr. José de Azeredo Perdigão

Ver mais
Igreja de Porto Salvo

Igreja de Porto Salvo

Ver mais
Guarda Mall

Guarda Mall

Ver mais
Topo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar a aceder a este website está a concordar com a utilização das mesmas. Para mais informações veja a nossa política de cookies.

Portugal 2020 / Compete 2020 / União Europeia - Fundo Europeu do Desenvolvimento Regional