Edifícios Públicos e Especiais

Reconversão do Mercado Municipal de Caxias
Localização: Caxias - Oeiras
Promotor: Câmara Municipal de Oeiras
Arquitectura: Aires Mateus - Arquitectos, Lda.
Data Projecto - Construção: 2009 - 2009/2010
Especialidades: Fundações e Estruturas; Águas e Esgotos
Descrição:

Dada a sua dimensão este edifício é constituído por um único corpo estrutural. A estrutura é constituída por pórticos em betão armado, embora para respeitar a solução arquitectónica a cobertura não seja contínua, encontrando-se subdividida em três lajes distintas separadas por uma clarabóia.

Fechar
Agência Europeia de Segurança Marítima e Observatório Europeu da Droga e Toxicodependência
Localização: Av. Ribeira das Naus, Lisboa
Promotor: APL - Administração do Porto de Lisboa
Arquitectura: Manuel Tainha
Data Projecto - Construção: 2005/2006 - 2007/2008
Especialidades: Fundações e Estruturas; Águas e Esgotos
Descrição:

O conjunto de edifícios destinado a servir como escritórios da sede da Agência Europeia de Segurança Marítima (AESM) e do Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT), apresenta-se dividido em nove corpos estruturais, designados pelas letras A a I, com alturas variáveis, apresentando um máximo de 4 pisos elevados e apenas um nível de cave. Destes edifícios, três são destinados exclusivamente a parqueamento (E, F e G). Os restantes destinam-se à Sala de Conferências (A), edifício da AESM (B, C e D), edifício do OEDT (H).

Tratou-se da construção de edifícios novos com estruturas de betão armado, betão armado pré-esforçado, estruturas metálicas e estruturas mistas de aço-betão. O projecto incluiu ainda a remodelação, restauro e reforço do Palacete do Relógio (corpo I), onde actualmente se situa o Centro de Informação Europeia Jacques Delors.

Fechar
Pavilhão Multiusos do Arade
Localização: Sítio da Passagem – Parchal, Lagoa
Promotor: Sociedade Pavilhão Multiusos do Arade, S.A.
Arquitectura: Miguel Arruda Arquitectos Associados, Lda.
Data Projecto - Construção: 2002 - 2005
Especialidades: Fundações e Estruturas; Águas e Esgotos
Descrição:

Este edifício encontra-se construído no local de implantação de uma antiga fábrica, demolida para o efeito, tendo-se preservado a chaminé existente e outros elementos. Do ponto de vista estrutural, o conjunto do Pavilhão do Arade apresenta-se dividido em dois corpos, constituindo uma Zona de Exposições e um Auditório (incluindo zonas anexas), separados por juntas de dilatação.

As fachadas ventiladas de policarbonatos, incluindo iluminação interior por leds, são elementos marcantes deste conjunto edificado.

Fechar
Auditorio Augusto Cabrita
Localização: Parque dos Casquilhos - Barreiro
Promotor: Câmara Municipal do Barreiro
Arquitectura: Atelier do Chiado Arquitectos, Lda
Data Projecto - Construção: 2002 - 2002/2003
Especialidades: Fundações e Estruturas; Águas e Esgotos
Descrição:

O Edifício tem 4 (quatro) pisos elevados e uma cave para instalações técnicas. Devido à sua função de sala de espectáculos terá três depósitos de àgua; dois situados na cobertura, de acesso pelo exterior, e outro na cave do piso –1.

Em planta o Edifício é aproximadamente um rectângulo com as dimensões de 42m x 50 m, implantado em terreno sensívelmente plano.

Fechar
Biblioteca Central e Arquivo Municipal de Lisboa
Localização: Vale de Santo António - Lisboa
Promotor: Câmara Municipal de Lisboa | Epul
Data Projecto - Construção: 2006
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

O edifício, implantado numa encosta de forte pendente, tem a entrada principal ao nível do piso 0 e outra ao nível do piso 5, na fachada oposta. Terá cinco pisos abaixo do piso de entrada principal, e onze pisos elevados.

O edifício possuirá uma “pele” exterior estrutural, constituída por paredes de betão armado em toda a periferia, que nascem da cota dos muros para cima e que ficarão pontuadas por grandes aberturas nos alçados. No limite, as paredes sobre estas aberturas comportam-se como vigas de grande altura e esse facto irá condicionar sobremaneira os processos construtivos do edifício e o próprio faseamento da obra.

Fechar
Biblioteca Municipal e Centro de Artes de Sines
Localização: Sines
Promotor: Câmara Municipal de Sines
Arquitectura: Aires Mateus - Arquitectos, Lda.
Data Projecto - Construção: 2000/2001 - 2002/2005
Especialidades: Fundações e Estruturas; Águas e Esgotos
Descrição:

O edifício da Biblioteca e Centro de Artes de Sines é constituído por um embasamento de três pisos enterrados, um piso térreo, três pisos elevados e cobertura.

A forma aproximada deste em planta, e à qual corresponde a área total dos pisos enterrados do edifício, é a de dois trapézios irregulares, inscritos num rectângulo com cerca de 70 m por 42 m, e desfasados de aproximadamente 8 m sobre a linha do seu eixo menor.

Acima da cota do exterior, o edifício é entrecortado por quatro volumes, de formas aproximadamente paralelepipédicas, que dividem o lote em faixas edificadas (onde se situarão os pisos elevados) e faixas não edificadas. Estes volumes estão identificados neste Projecto como Galeria, Biblioteca, Auditório e Arquivo.

Fechar
Reabilitação do Solar da Boa Nova a Biblioteca Municipal
Localização: Vila do Porto - Santa Maria - Açores
Promotor: Câmara Municipal de Vila do Porto
Arquitectura: Pedro Mora Porteiro - Arquitecto Unipessoal, Lda.
Data Projecto - Construção: 2006 - 2008/2009
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

Projecto de remodelação e ampliação do Antigo Solar da Boa Hora (sec. XVII/XVIII), para reconversão em Biblioteca e Arquivo Municipal, incluindo um espaço para auditório, autónomo ao funcionamento da biblioteca.

A intervenção prevista pretendeu manter, na generalidade, os elementos resistentes em bom estado de conservação, com excepção de uma zona no tardoz da construção, onde se procedeu à demolição das paredes existentes, para implantação do novo auditório. O pavimento desta sala polivalente foi implantado cerca de 4.60m abaixo da cota do piso térreo existente, implicando uma escavação à face das paredes do edifício. A escavação foi feita ao abrigo de uma contenção periférica do tipo berlinense com ancoragens provisórias, no sentido de preservar a construção existente, minorando os danos nas paredes e riscos de execução.

Fechar
Casa das Mudas - Centro de Artes e Congressos da Calheta
Localização: Vale dos Amores Calheta, Região Autónoma da Madeira
Promotor: Sociedade de Desenvolvimento da Ponta do Oeste
Arquitectura: Paulo David Arquitecto - Soc. Unipessoal, Lda.
Data Projecto - Construção: 2002 - 2003/2004
Especialidades: Fundações e Estruturas; Águas e Esgotos
Descrição:

Edifício implantado nos terrenos adjacentes à Casa das Mudas, na zona alta da Calheta. A orografia do terreno caracteriza-se por uma modelação suave, adaptada aos terraços em redor da Casa, e por arribas de pendente muito acentuada, para sul e para nascente.

Quase toda a construção é enterrada, por forma a acompanhar e preservar esta orografia. A planta do edifício tem a forma aproximada de dois rectângulos que se intersectam e se sobrepõem nos seus lados menores.

Fechar
Mercado Público da Comenda
Localização: Gavião
Promotor: Câmara Municipal de Gavião
Arquitectura: Maximina Almeida
Data Projecto - Construção: 2003 - 2004/2006
Especialidades: Fundações e Estruturas; Águas e Esgotos
Descrição:

A estrutura é construída dentro do perímetro do muro envolvente do mercado, sendo constituída por 2 corpos com configuração aproximadamente trapezoidal, em que a estrutura da cobertura é formada por lamelados colados. 

Fechar
Expansão do Edifício Sede da Ordem dos Engenheiros
Localização: Lisboa
Promotor: Ordem dos Engenheiros
Arquitectura: Aires Mateus - Arquitectos, Lda.
Data Projecto - Construção: 1994 - 1996
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

A Ordem dos Engenheiros tem, desde 1936, a sua sede na vivenda projectada pelo Arquitecto Ventura Terra, no nº 3 da Avenida António Augusto de Aguiar. Datada de 1913, com uma menção honrosa do Prémio Valmor desse ano, esta obra distingue-se pelo equilíbrio das suas formas e pela exuberância das cantarias no seu alçado de tardoz, encimado por uma escultura da autoria de Artur Prat, primeiro proprietário da casa.

O crescimento da Ordem, e do seu número de membros, tornaram exíguas as originais instalações, levando a sua direcção a adquirir, em 1986, o lote de terreno com frente para a Avenida Sidónio Pais e o Parque Eduardo VII.

É nesse espaço que se ergue o novo edifício de expansão da sede da Ordem dos Engenheiros.

Fechar
Remodelação do Convento de Nossa Sra. dos Remédios
Localização: Évora
Promotor: Câmara Municipal de Évora
Arquitectura: Vitor Figueiredo - Gabinete de Arquitectura, Lda
Data Projecto - Construção: 2003 - 2005
Especialidades: Fundações e Estruturas; Águas e Esgotos
Descrição:

Nos anos 70, a Câmara Municipal de Évora, decide recuperar o Convento de Nª Sra. dos Remédios, e define, no fim da década de 90, o programa que serviu de base à execução do projecto, cuja equipa era chefiada e coordenada pelo Arq. Vitor Figueiredo.

Fechar
Novos Estúdios da RTP/RDP Rádio e Televisão de Portugal
Localização: Av. Marechal Gomes da Costa / Rua Conselheiro Emídio Navarro, Lisboa
Promotor: BPN Banco Português de Negócios / RTP – Radio e Televisão de Portugal
Arquitectura: Frederico Valsassina Arquitectos, Lda
Data Projecto - Construção: 2005 - 2005/2007
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

Edifício distintamente caracterizado por três volumes salientes de uma plataforma ajardinada, integrada de forma fluida com a modelação do terreno envolvente e que serve de cobertura a um embasamento que une esses volumes.

No primeiro volume, colocado na extremidade sudeste do conjunto, situa-se o Estúdio 2 e o Estúdio 3, com 34.8 m por 25.9 m. Os Estúdios 1 e 4, ficam no segundo volume a meio da área atrás definida e encostados ao seu limite oeste, com 37.3 m por 31.9 m. O terceiro volume, um edifício de escritórios com 11.9 m por 32.4 m e quatro pisos, remata o topo norte do embasamento.

O embasamento, com um piso semi-enterrado (piso -1) e dois pisos enterrados (piso -2 e -3), alberga o estacionamento automóvel, nos pisos -3 e -2, armazéns, arquivos e biblioteca no piso -2, e os estúdios, salas, oficinas, armazéns e áreas de apoio técnico no piso -1.

Fechar
Edificio FACIM - Pavilhão Multiusos para Feira Agrícola, Industrial e Comercial  de Moçambique
Localização: Marracuene, Maputo - Moçambique
Promotor: IPEX
Arquitectura: José Forjaz - Arquitectos, Lda
Data Projecto - Construção: 2009
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

Edifício projectado para a Feira Internacional de Maputo, apresenta dimensões em planta de aproximadamente 240m x 70m, com um espaço para exposições ao nível térreo de 175m x 40m e piso elevado a contornar todo o perímetro numa largura de 10m. Dispõe ainda de 3 auditórios e restaurante com esplanada para a sala de exposições. Encontra-se, actualmente, em fase de Projecto de Execução.

A cobertura principal terá a forma de um arco com vão de 35m (medido na transversal), sendo formada por elementos em lamelados colados de madeira, dispostos em malha regular mas diagonal, formando um conjunto de arcos cruzados ligados entre si nas intersecções. Os arcos apoiam em pirâmides metálicas invertidas, por sua vez apoiadas no vertice em pilares de betão armado. A laje perimétrica e o edifício dos auditórios são em betão armado.

Fechar
MINAG - Edifício do Ministério da Agricultura de Moçambique
Localização: Praça dos Heróis Moçambicanos, Maputo - Moçambique
Promotor: Ministério da Agricultura da República de Moçambique
Arquitectura: Amvlab, Arquitectos Associados
Data Projecto - Construção: 2009/2011
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

O novo edifício ficará a Sudeste da Praça dos Heróis Moçambicanos, entre a Avenida dos Acordos de Lusaca e Avenida das Forças Populares de Libertação de Moçambique, no mesmo local do antigo edifício.

A implantação e desenvolvimento do novo edifício ministerial são semelhantes ao anterior, aproximadamente de meio hexágono voltado para a praça, embora com uma largura e altura maiores, de forma a albergar o programa definido pelo Cliente.

Fechar
Salão de Banquetes da Presidência da República de Moçambique
Localização: Ponta Vermelha, Maputo - Moçambique
Promotor: Presidência da República
Arquitectura: José Forjaz - Arquitectos, Lda
Data Projecto - Construção: 2009 - 2009/2010
Especialidades: Fundações e Estruturas; Águas e Esgotos
Descrição:

O novo edifício é marcado pelas coberturas em arco de betão, de vão menor nas zonas cobertas exteriores e de vão maior no salão. É composto por uma ligação ao edifício existente na sua empena Norte, um salão principal para os banquetes ao centro, uma zona coberta exterior a Sul e Nascente, uma cozinha e instalações sanitárias a Poente.

Apresenta uma dimensão máxima no sentido Nascente-Poente de 61 m e no sentido Norte-Sul de 51 m, sem nenhuma junta de dilatação. As coberturas são em arco elevadas a dois níveis distintos, uma para o salão de banquetes a uma cota superior e outra para as restantes áreas a uma cota inferior.

Fechar
Teatro Municipal de Faro
Localização: Faro
Promotor: Câmara Municipal de Faro
Arquitectura: GB Arquitectos, Lda
Data Projecto - Construção: 2003 - 2003/2005
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

Trata-se de um edifício implantado numa área rectangular com 81.70 m de comprimento por 27.60 m de largura, orientado segundo um eixo SE-NO, com duas caves técnicas (pisos –2 e -1), piso térreo (piso 0), cinco pisos elevados, cobertura e cobertura das casas de máquinas.

Dispõe de um isolamento acústico de base, com interposição de matérias elastoméricos em todos os contactos do edifício na fundação e nos muros laterais. 

Por razões que se prendem com as suas dimensões e também com a necessidade de isolar acusticamente as diversas áreas do edifício, é dividido em três corpos estruturais distintos, designados de A, B e C.

Fechar
Palácio da Justiça do Barreiro
Localização: Barreiro
Promotor: Ministério da Justiça
Arquitectura: OA, Oficina de Arquitectura - Urbanismo e Construção, Imagens Visuais, Lda.
Data Projecto - Construção: 1996 - 1997/2000
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

O edificío do Palácio da Justiça do Barreiro destaca-se pelo jogo entre a sua forma em planta e o contraste existente entre os vários volumes que o constituem, não só pelo número de pisos, mas também pela diversidade dos elementos de fachada que caracteriza cada um dos volumes. Foi subdividido em três corpos estruturais, separados por juntas de dilatação, de forma a uniformizá-los pela volumetria.

O corpo estrutural de maior dimensão e projecção, que coincide com a distribuição das salas de audiência do tribunal, tem uma estrutura constituída por pilares mistos aço-betão na cave e, nos pisos elevados, por pilares compostos de dois perfis metálicos “I” ou “H” em cruz, que se prende com razões de expressão plástica, quanto à utilização do material aço, e por razões de resistência, quanto ao facto de serem pilares compostos.

Fechar
Palácio da Justiça de Sintra
Localização: Sintra
Promotor: Ministério da Justiça
Arquitectura: António Nunes de Almeida
Data Projecto - Construção: 2001/2002 - 2002/2004
Especialidades: Fundações e Estruturas; Águas e Esgotos
Descrição:

O edifício do Palácio da Justiça de Sintra está localizado num terreno de topografia difícil, num morro acentuado, com grandes desníveis. A grande volumetria do edifício é pontuada pela existência de diversos pátios interiores, permitindo com toda a clareza, que este fosse subdividido em diversos corpos estruturais autónomos, separados por juntas de dilatação.

Constituído por estruturas em betão armado, do tipo porticado, com pilares e núcleos de paredes resistentes, definindo uma malha regular, ainda que as travessas desses pórticos sejam asseguradas por lajes fungiformes aligeiradas convenientemente dimensionadas.

Utilizaram-se soluções de pré-esforço nas lajes maciças em consola da pala da cobertura.

Fechar
Biblioteca Municipal Quinta do Mirante - Sintra
Localização: Sintra
Promotor: Câmara Municipal de Sintra
Arquitectura: OA, Oficina de Arquitectura - Urbanismo e Construção, Imagens Visuais, Lda.
Data Projecto - Construção: 1999 - 2002
Especialidades: Fundações e Estruturas e Águas e Esgotos
Descrição:

Trata-se da recuperação e remodelação de um antigo Palacete, dos finais do século XIX, localizado na Quinta do Mirante, para a instalação da Biblioteca Municipal. Inclui ainda a remodelação de um anexo, reconvertido em zona de convívio. Entre estes dois edifícios é implantada uma nova construção de geometria regular que, assegurando um percurso coberto de ligação entre o edifício e o anexo, constitui, simultaneamente, um espaço de exposições temporárias.

Fechar
Biblioteca Municipal de Viseu
Localização: Viseu
Promotor: Câmara Municipal de Viseu
Arquitectura: Manuel Tainha
Data Projecto - Construção: 1994 - 1999
Especialidades: Fundações e Estruturas
Fechar
Instituto de Higiene e Medicina Tropical - Novo Biotério
Localização: Lisboa
Promotor: Instituto de Higiene e Medicina Tropical
Arquitectura: Gonçalo Byrne, Arquitectos, Lda
Data Projecto - Construção: 1995 - 1997
Especialidades: Fundações e Estruturas
Fechar
Edifício de Apoio e Cobertura da Praça de Portagens da Maia
Localização: Maia
Promotor: BRISA - Auto-estradas de Portugal, S.A.
Arquitectura: Frederico Valsassina Arquitectos, Lda
Data Projecto - Construção: 2009
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

A cobertura da praça das portagens é uma construção em estrutura metálica porticada cobrindo a totalidade da praça de portagem em ambos os sentidos de tráfego, à excepção da zona destinada à implantação dos Pórticos Free-Flow. A projecção em planta das coberturas ocupa uma área de aproximadamente 51mx14m no sentido N/S e de 30mx14m no sentido S/N.

O edifício de apoio às portagens ocupa uma área rectangular, com 27.80 m de comprimento por 15.10 m de largura, e é caracterizado por constituir um volume paralelepipédico elevado, que comunica com o solo através de um volume interior de paredes de fundação situado a 1.50 m das fachadas, em todo o contorno do edifício.

A estrutura resistente é constituída pela laje de piso, laje da cobertura, paredes das fachadas de topo e paredes divisórias dos espaços definidos pela Arquitectura. Toda a estrutura será constituída por betão à vista, o que permitiu o aproveitamento das paredes divisórias para o desempenho de funções estruturais.

Paralelamente ao edifício, desenvolve-se a rampa de acesso, também constituída por uma laje fungiforme maciça de betão armado apoiada longitudinalmente numa parede, com desenvolvimento idêntico ao das fundações do edifício principal.

Ainda no alçado de acesso ao edifício é estabelecida a comunicação com o túnel sob as portagens. Essa ligação é concretizada por uma escada cujo corpo principal não é mais do que uma laje de fundo de 0.25m de espessura balizada lateralmente por prolongamentos das paredes do túnel.

Fechar
Sede da Comissão Coordenadora Regional do Alentejo em Évora
Localização: Évora
Promotor: DGEMN
Arquitectura: Atelier do Chiado Arquitectos, Lda
Data Projecto - Construção: 1993 - 1994
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

1º Prémio em Concurso Público

Fechar
Edifício Sede do Centro Português de Design
Localização: Lumiar
Promotor: Centro Português de Design
Arquitectura: Justino Morais
Data Projecto - Construção: 1993 - 1996
Especialidades: Fundações e Estruturas
Fechar
Centro de Interpretação da Batalha dos Atoleiros
Localização: Fronteira
Promotor: Câmara Municipal de Fronteira
Arquitectura: GB Arquitectos, Lda
Data Projecto - Construção: 2006 - 2009
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

O edifício em estudo ocupa uma área rectangular com 54.00 m de comprimento por 13.20 m de largura e possui um único piso térreo (com uma pequena cave técnica), coberto a dois níveis (a 4.10 m e 6.50 m de altura) por uma cobertura plana. Tem a particularidade de ser dividido em dois corpos estruturais, não tanto por razões que se prendam com o seu comportamento estrutural, mas por força de um “gesto” arquitectónico, que “corta” a massa volumétrica através de uma passagem aberta de fachada para fachada.

A estrutura resistente é constituída por um conjunto de pórticos transversais, todos semelhantes e formados por dois pilares, um alinhado pela fachada sul e outro alinhado pela parede que divide o espaço de circulação a norte do núcleo expositivo, ligados no seu coroamento por uma viga ao nível da cobertura mais alta, viga essa que balança em consola até ao plano da fachada norte e que suporta, indirectamente e através de um montante de betão e um conjunto escora-tirante em aço, o volume sobre o espaço exterior a norte.

Fechar
Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota
Localização: Batalha
Promotor: Fundação Batalha de Aljubarrota
Arquitectura: GB Arquitectos, Lda
Data Projecto - Construção: 2007 - 2008
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

O edifício em estudo ocupa uma área rectangular, com 40.35 m de comprimento por 12.40 m de largura máxima, e é distintamente caracterizado por constituir um volume paralelepipédico elevado, que comunica com o solo em apenas três pontos.

A estrutura resistente é constituída pelas lajes de piso e paredes de fachada dos alçados norte, sul e nascente, destacando-se a ausência de pilares, solução que permitiu libertar na sua totalidade o espaço interior do edifício.

As paredes das fachadas sul e norte serão constituídas por betão preto à vista e têm a particularidade de se desenvolverem como vigas contínuas com 2 tramos de cerca de 15 m de comprimento e balanços em consola de 4.85 m em ambas as extremidades. A empena nascente será também executada em betão à vista, destinando-se a fachada poente à localização de um miradouro sobre o promontório.

Em regra adoptaram-se estruturas principais de betão armado, constituindo pórticos orientados na direcção transversal do edifício, ainda que, em geral, as travessas desses pórticos sejam constituídas por lajes maciças e aligeiradas convenientemente dimensionadas e os pilares sejam materializados pelas paredes de fachada do edifício.

Fechar
Coliseu dos Recreios de Lisboa – Ampliação e Remodelação
Localização: Lisboa
Promotor: Câmara Municipal de Lisboa
Arquitectura: Maurício de Vasconcelos
Data Projecto - Construção: 1993 - 1994
Especialidades: Fundações e Estruturas
Fechar
Edifício da Presidência do Conselho de Ministros
Localização: Rua Prof. Gomes Teixeira, Lisboa
Promotor: SOGEL
Data Projecto - Construção: 1974
Especialidades: Fundações e Estruturas
Fechar
Embaixada, Chancelaria e Residência do Embaixador de Portugal em Brasília
Localização: Brasília, Brasil
Promotor: Ministério dos Negócios Estrangeiros
Arquitectura: Raúl Chorão Ramalho
Data Projecto - Construção: 1973 - 1976
Especialidades: Fundações e Estruturas
Fechar
Estabelecimento Prisional de Leiria
Localização: Leiria
Promotor: Ministério da Justiça - DGSP
Arquitectura: Atelier da Cidade - Arquitectura e Planeamento, Lda.
Data Projecto - Construção: 1997
Especialidades: Fundações e Estruturas; Águas e Esgotos
Descrição:

Trata-se de diversos edifícios a implantar no Estabelecimento Prisional de Leiria, designadamente, a Nova Portaria, o Edifício de Serviços Clinicos, a Unidade Saúde, a Portaria e o Pavilhão Polidesportivo.

Fechar
Estação Ferroviária da Covilhã
Localização: Covilhã
Promotor: REFER
Arquitectura: Carlos Tojal
Data Projecto - Construção: 2004
Especialidades: Fundações e Estruturas
Fechar
Recuperação das Casas Velhas do Gandarinha - Centro Cultural de Cascais
Localização: Cascais
Promotor: Câmara Municipal de Cascais
Arquitectura: OA, Oficina de Arquitectura - Urbanismo e Construção, Imagens Visuais, Lda.
Data Projecto - Construção: 1996 - 2000
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

Recuperação do edifício do antigo Convento de Nossa Senhora da Piedade (Séc. XVI) concretizando o objectivo municipal no âmbito dos equipamentos para actividades culturais em Cascais.

Fechar
Reabilitação e Recuperação do Moinho de Maré
Localização: Corroios
Promotor: Câmara Municipal do Seixal
Arquitectura: Soraya Genin Arquitectura e Restauro, Lda.
Data Projecto - Construção: 2006 - 2009
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

Trata-se da Reabilitação e Recuperação de uma construção datada do séc. XV, ampliada no séc. XIX, com cerca de 44 m x 8 m, apresentando um piso térreo e cobertura e albergando um mezzanino na zona mais recente da construção.

A recuperação do edifício inseriu-se no programa de preservação, musealização e manutenção dos moinhos de maré do concelho do Seixal, promovido pelo Ecomuseu Municipal do Seixal. Foi classificado como Imóvel de Interesse Público.

Fechar
Musealização da Praça Nova do Castelo de S. Jorge
Localização: Lisboa
Promotor: Câmara Municipal de Lisboa
Arquitectura: J.L.C.G., Arquitectos, Lda
Data Projecto - Construção: 2008 - 2010
Especialidades: Fundações e Estruturas e Águas e Esgotos
Descrição:

Trata-se de uma intervenção museológica e expositiva dos vestígios arqueológicos encontrados, constituída por um conjunto de coberturas ligeiras e percursos pedonais que visam a preservação dos achados e permitir o acesso de pessoas aos locais, segundo um circuito organizado.

A intervenção museológica da Praça Nova do Castelo de S. Jorge, em Lisboa, consiste no fabrico e montagem de três coberturas ligeiras em estrutura metálica, implantadas sobre três zonas distintas: Zona da Casa Muçulmana; Zona da Idade do Ferro e Zona do Pavimento Sec. XV.

No sentido de organizar o circuito expositivo, previu-se a implantação de várias estruturas de contenção de terras com alturas variáveis entre 1.0 e 2.0m, definidas de acordo com a modelação do terreno. Previu-se um sistema constituído por lajetas de betão prefabricadas inseridas entre banzos de perfis metálicos, selados em furos prévios com calda de cimento.

Na zona da Idade do Ferro, com alturas de terras superiores a conter, adoptou-se um sistema do tipo “caixa rota”, em que as faces de contenção são asseguradas por perfilados contínuos, soldados nos cantos, afastados de 0.50m na vertical, com chapas de Viroc (esp.=32mm) aparafusadas aos banzos de encosto ao terreno.

Pretendeu-se que todos os sistemas introduzidos permitissem reversibilidade na intervenção, exceptuando os órgãos de fundação enterrados.

Fechar
Pavilhão Polidesportivo dos Salesianos
Localização: Évora
Promotor: Externato Oratório de S. José
Arquitectura: Vitor Figueiredo - Gabinete de Arquitectura, Lda
Data Projecto - Construção: 2001 - 2002
Especialidades: Fundações e Estruturas e Águas e Esgotos
Fechar
Rotunda do Rato - Rotunda, Muros de Suporte, Fonte e Arranjos Exteriores
Localização: Covilhã
Promotor: C.M.Covilhã
Arquitectura: Nuno Teotónio Pereira
Data Projecto - Construção: 2001 - 2004
Especialidades: Fundações e Estruturas e Águas e Esgotos
Descrição:

A rotunda da ponte do Rato é constituída por um poço desnivelado em relação à via o qual receberá água proveniente de uma fonte suspensa ao nível da via superior. A rotunda é parcialmente constituída por um muro de suporte em consola com desenvolvimento circular, sendo a restante estrutura formada pela passagem inferior.

O fundo do poço será um pequeno lago constituído por lajes betonadas sobre o terreno, formando três níveis de profundidade de acordo com o projecto de arquitectura. O contorno do lago é constituído  pelo muro em consola e por um muro de separação entre o lago e a ribeira. Este lago será implantado sobre o curso actual da ribeira pelo que esta será desviada, circundando o lago e retomando o seu curso depois deste. Está previsto que em situações de caudais de cheia a ribeira possa galgar o muro limítrofe do lago retomando assim o seu curso natural.

A Fonte é constituída por uma peça em aço inoxidável suspensa por um sistema de tirantes e apoiada num maciço de betão armado. Do maciço erguem-se dois mastros em betão armado, laterais à peça metálica, onde são amarrados os tirantes de suspensão. A peça metálica tem no seu interior um tubo para transporte de água Ø6´´ em aço galvanizado fixado à estrutura envolvente de modo a impedir a ocorrência de vibrações originadas pelo escoamento hidráulico.O Muro de Contenção da Rua Morais do Convento constitui parte integrante do projecto da Rotunda do Rato, que compreende diversos elementos, dos quais o presente projecto de Estabilidade estuda o muro que permite realizar o desnível da Rua Morais do Convento para a Rotunda do Rato e para o arranque da Av. da Universidade.

Fechar
Terminal de Carga e Edifício da Torre de Controle do Aeroporto do Porto
Localização: Porto
Arquitectura: Maurício de Vasconcelos
Data Projecto - Construção: 1986
Especialidades: Fundações e Estruturas
Fechar
Ampliação do Aeroporto do Pico
Localização: Ilha do Pico, Açores
Promotor: Aeroporto do Pico
Arquitectura: A. Matos Veloso & Alçada Baptista, Arquitectura, Lda.
Data Projecto - Construção: 2004 - 2006
Especialidades: Fundações e Estruturas
Fechar
Piscinas Municipais de Mora
Localização: Mora
Promotor: Câmara Municipal de Mora
Arquitectura: OA, Oficina de Arquitectura - Urbanismo e Construção, Imagens Visuais, Lda.
Data Projecto - Construção: 1993 - 1995
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

Complexo construído num lote com uma área bruta de 4.200 m2, incluindo um tanque principal (312.5 m2), um tanque de aprendizagem coberto com (141 m2), um tanque para escorrega (36 m2), um chapinheiro (76.5 m2), e ainda, um corpo edificado com recepção de roupas, balneários, instalações sanitárias, bar, central técnica, constituindo um Anfiteatro no exterior.

Fechar
Recuperação do Museu Nacional de Machado de Castro
Localização: Coimbra
Promotor: IMC – Instituto dos Museus e da Conservação
Arquitectura: GB Arquitectos, Lda
Data Projecto - Construção: 2005 - 2006/2010
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

Trata-se de uma intervenção de Remodelação e Ampliação das actuais instalações do Museu Nacional Machado de Castro, em Coimbra.

Do ponto de vista estrutural, dividiu-se todo o espaço de intervenção em três unidades mais ou menos autónomas, que se diferenciam pela idade de construção (existente ou construção nova), pelos seus materiais constituintes (betão armado, aço ou alvenaria), quer ainda pelos processos de fabrico e/ ou execução (feito “in situ” ou pré-fabricado, recuperado ou novo), que correspondem às designações de Corpos A, B e C.

No lote a poente do actual Museu, ocupando o outro lado do gaveto do Beco dos Condeixeiros com a Rua Borges Carneiro, é construído um novo edifício de quatro pisos, designado por Corpo A. O edifício ocupa toda a área do lote, com uma planta em forma de trapézio irregular. Dada a existência de ruínas romanas no interior do lote, nomeadamente da cloaca que o atravessa num percurso sensivelmente paralelo à Rua Borges Carneiro e à qual se liga outra, transversal a esta, cujo extradorso se perde sob as paredes de empena do lote confinante a poente, procurou-se, em conjunto com a Arquitectura, uma solução de reduzida “pegada” de implantação e que, simultaneamente, permitisse o fecho do lote, preservando-o para futuros trabalhos de investigação.

O edifício, designado por Corpo B, implantado no lote entre o actual museu e o Beco dos Condeixeiros, limitado a sul pela Rua Borges Carneiro e a norte pela Rua do Cabido e ocupando, no seu embasamento, a totalidade desse lote, é constituído por seis pisos, com o mais baixo à cota do piso -4 do anterior (ao qual, de resto, se encontra ligado por uma galeria enterrada sob o beco).

Designou-se por corpo C toda a construção nova ou existente interior ao lote hoje ocupado pelo Museu Nacional Machado de Castro. Pode-se assim caracterizar as intervenções acima da cota do piso 0 e as intervenções abaixo da cota desse mesmo piso. Nestas últimas considerou-se o fecho da fachada poente do criptopórtico, o aproveitamento da zona central do criptopórtico como sala de exposições e, por último, a zona técnica enterrada para albergar o depósito de combustível. Nas primeiras, sobressai de todas as outras pelo seu volume e importância, a estrutura porticada coberta que envolve o claustro interior e a Capela do Tesoureiro.

 

Fechar
Casa Manuel de Arriaga
Localização: Horta - Faial - Açores
Promotor: Presidência do Governo Regional - Direcção Regional da Cultura
Arquitectura: Rui Pinto & Ana Robalo Arquitectos, Lda.
Data Projecto - Construção: 2010 - 2011
Especialidades: Fundações e Estruturas
Descrição:

Recuperação, reconstrução e ampliação de um edifício, actualmente propriedade do Estado Português, na cidade da Horta, Ilha do Faial, Açores, que encerra uma memória de inegável valor para a história do País, nele tendo nascido e vivido Manuel José de Arriaga Brum da Silveira, Primeiro Presidente da República Portuguesa.

 A remodelação e ampliação do referido edifício pretendeu reconvertê-lo em Museu e Espaço Lúdico, e constitui um marco das Comemorações do Centenário da República Portuguesa.

O edifício, com um piso semi enterrado (de cota com o arruamento a nascente), um piso térreo (de cota com o jardim exterior) e um piso elevado, manteve a volumetria próxima daquela que se conhece do imóvel, possível de identificar através do arquivo fotográfico recolhido. Mais por razões icónicas e de consolidação urbanística, do que pela qualidade dos materiais, foi preservada a fachada e empena para os arruamentos.

Fechar